segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

O Justo O Cedro e a Palmeira

"O Justo florescerá como a palmeira; crescerá como o cedro no Líbano. Os que estão plantados na casa do Senhor florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice ainda darão frutos; serão viçosos e vigorosos, Para anunciar que o Senhor é reto. Ele é a minha rocha e nele não há injustiça.” Salmos 92:12-15

Lendo esse salmos esses versículos especialmente me chamaram a atenção, e quis saber porque Deus nos compara as palmeiras? Porque nos compara aos cedros do Líbano?
E veja só, a palmeira dá flores o ano todo, e no devido tempo dá seu fruto mas sempre há flores nela, o que nos faz ver que Deus quer encontrar flores em nós mesmo em meios aos desertos, nos quer ver mostrar sua beleza, o que temos em nosso interior através de uma palavra, de uma atitude, florescer sempre!

Agora o cedro do Líbano é maravilhoso! Quando essa árvore tem cerca de 3 ou 4 anos ela mede apena 5 centímetros, mas a sua raiz já tem a profundidade de cerca de um metro e meio, olhando seu exterior ela é insignificante, 5 centímetros em 3 anos, não é nada! Mas Deus já sabe o que ela virá a ser, porque antes de aparecer para o mundo apreciá-la, ela se preocupa em criar raízes. Quando atinge seu tamanho ideal ela chega a medir 40 metros de altura, sua madeira é utilizada em grandes construções, é linda e valiosa, nesse tempo sua raiz já se aprofundou tanto que encontrou seus próprios lençóis de água, o Cedro do Líbano não depende de fatores exteriores para estar sempre verde e produzir frutos, não depende da chuva, não teme ao vento, ao clima, nada disso pois ela já encontrou sua própria fonte de água, e detalhe se no caminho ela encontra uma rocha essa raiz não pára, ela dá volta a rocha como que abraçando-a e segue seu caminho ainda mais fortalecida.

por Pastora Edineia
[16/12/2018]

Nenhum comentário:

Postar um comentário